Percurso no Gerês

 

 

 

A - Rotunda - Barragem Vilarinho.kmz (2,5 kB)

Partindo da rotunda da Albufeira da caniçada, siguimos para “S. Bento da Porta Aberta”.

 

O templo centenário é conhecido pela devoção de milhares de peregrinos que anualmente chegam de toda a parte. O Santuário de São Bento da Porta Aberta tem, segundo a tradição, origem numa ermida construída no local, por volta de 1640, cujas portas estavam sempre abertas, para servir de abrigo a quem passava.

A construção do actual Santuário iniciou-se em 1880, e ficou concluída em 1895, caracteriza-se pelos painéis de azulejos da capela-mor, que retratam a vida de S. Bento, assim como pelo retábulo de talha dourada.

O elevado número de peregrinos levou à construção de novas instalações perto do primitivo santuário, cujas obras foram concluídas em 2002, de que faz parte uma enfermaria para atendimento de peregrinos, com 14 camas.

Existe também um parque com mesas e bancos, onde os peregrinos podem descansar, tomar as suas refeições e até divertir-se num lago com barcos.


 

Continuando o trajecto, passamos pelo “Campo do Gerês”, e pelo museu etnográfico de Vilarinho das Furnas.

O Museu recria a aldeia que foi engolida pelas águas da barragem de Vilarinho das Furnas no rio Homem em 1971. Desde 1981, este museu é uma mostra viva daquilo que foi Vilarinho das Furnas.

Siga pela direita em direção a Barragem de Vilarinho das Furnas.

 

Mas antes, se virarmos à esquerda e a cerca de 200m podemos ver uma ponte romana.

 

B - Barragem - Vilarinho das Furnas.kmz (1,2 kB)

Depois de atravessar a barragem viramos à  direita (para continuar, há “portagem” !!! ), e seguimos em estrada de terra.

 

Ao chegar a um entroncamento viramos à direita.

A meio do percurso vamos passar em cima de um pontão de cimento e veremos uma cascata artificial.

Seguimos sempre até encontrar a aldeia submersa de “Vilarinho das Furnas”.

 

C - Barragem Vilarinho Furnas - Torneiros.kmz (2,9 kB)

Voltamos pelo mesmo caminho até ao último entroncamento e para quem vem da barragem, à esquerda tem a indicação de “Portela do Homem”. Viramos nessa estrada de terra. Colocamos o contador de km a zero para seguir alguns pontos de interesse:


1,6 km – Ribeiro Sarilhão
2,1 km – Cabana do Guarda e placa a indicar que entrámos na “Mata de Albergaria”
3,3 km – À esquerda encontramos uma grande mancha de azevinho (espécie protegida)
4 km – Ponte de madeira sobre o ribeiro do Pedrado. Junto temos alguns marcos milenares


5,5 km – Mais marcos milenares à direita


6,4 km Ponte de madeira sobre o Rio Macieira
6,6 km – Casa da Albergaria
6,9 – Fim do percurso em terra.


Chegando à estrada de alcatrão, viramos à esquerda e encontramos a ponte sobre o Rio Homem

com uma bela cascata.


Seguimos e atravessamos a fronteira e por terras de Espanha depois de cerca de 3 km encontramos à esquerda mais marcos milenares e a antiga estrada Romana.
Continuamos até chegar a “Torneros” (primeira povoação espanhola). Atravessamos a ponte e viramos à direita onde encontramos uma espécie de piscina.

Trata-se de uma nascente de água quente que se mistura com o rio.


Regressamos pelo mesmo trajecto indo para a vila do gerês.

 

D - Vidoeiro - Pedra Bela.kmz (2,9 kB)

Antes de chegar à vila e depois de passar o parque de campismo do Vidoeiro, encontramos uma estrada à esquerda para a Pedra Bela.

Seguimos essa estrada sempre a subir e em alcatrão até chegar a um cruzamento. Aí viramos à direita e seguimos

 até encontrar o miradouro da Pedra Bela.

 

Uma vista espectacular sobre o rio,
 

e a vila do Gerês.

 

E - Pedra Bela - Cascata do Arado.kmz (2 kB)

Chegando novamente ao último cruzamento, viramos à direita e seguimos essa estrada até um corte à esquerda com indicação de Cascata do Arado.

Continuamos e acabamos por chegar a uma ponte numa curva sobre o rio Arado.

À nossa esquerda está a "Cascata do Arado".

Para lá chegar temos que seguir a pé, subir alguns degraus e chegamos a um pequeno "miradouro".

  

O regresso, fazemos pela mesma estrada.

 

 

 

 

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons gtall1  © 2011 Todos os direitos reservados.

Crie o seu site grátisWebnode